Setembro - 10

AS CORES NOS AMBIENTES: Mais que paletas, histórias de vidas.

As cores que finalizam e decoram os ambientes cotidianos resultam de escolhas que fazemos em diversas paletas de tons e sobretons. Decidir entre uma e outra decorre de nossos gostos pessoais, no entanto nem sempre estamos cientes de características das nuanças cromáticas que têm importância capital em projetos arquitetônicos, porque suas combinações e seus significados tornam a decoração verdadeira ‘galeria de histórias’ escritas em cada espaço de nossas vivências.

  E tratar das cores nestes ‘tempos de setembro’ é especialmente relevante se considerarmos que a Primavera revigora psicologicamente nosso cotidiano na explosão de tons que a caracteriza, em clara evidência de o quanto as cores interferem no nosso humor, em nossas disposições em relação à vida. É, então, importante, uma paleta cromática em convergência com nossas necessidades e nossos valores vitais, com a forma como lidamos psicológica e neurologicamente com sensações, percepções e emoções, porque comportamentos se traduzem nas cores, tanto quanto são influenciados por elas. Finalizar e decorar um ambiente é, pois, bem mais que colorir revestimentos e mobiliário.

A Movelmar, em atenção a isso, oferece uma paleta de cores diversificadas, o que favorece a liberdade e a criatividade no desenvolvimento e na criação de ambientes, tanto residenciais, quanto comerciais e/ou corporativos. Nesse quadro de possibilidades, o amarelo, por exemplo, suscita jovialidade e alegria, daí harmonizar-se bem em ambientações para crianças e adolescentes. Já a neutralidade do cinza sugere seriedade e sabedoria, casando-se com perfeição a espaços profissionais. O marrom, por sua vez, remete à terra, do que vem sua associação com segurança e intensidade, ganhando efeitos de aconchego quando usado em revestimentos, tapetes e afins. Quanto ao preto indicia sofisticação e elegância, traduzindo minimalismo no design. O branco, enfim, é o clássico da pureza, da limpeza, da paz, da verdade, servindo como importante contraste para elementos gráficos e informações visuais diversificados.

É importante, assim, que nossas escolhas harmonizem ‘as cores conosco’, tanto quanto ‘as harmonizem entre si’, porque nuanças e fusões cromáticas carregam mensagens, por exemplo, razão pela qual nossos ambientes podem ser mais persuasivos e acolhedores com nossos clientes e visitantes domésticos. Nas cores há vida.

KATIANE RIZZATTI – DESIGNER DE INTERIORES