Home Theater em ambientes pequenos? É possível, sim!

banner image

Apartamentos amplos são cada vez mais raros em todo o Brasil. Em novos empreendimentos, a tendência é privilegiar as opções de lazer da área comum ao invés de valorizar o tamanho de cada unidade.

Em virtude disso, parece ser impossível manter um ambiente como o Home Theater. Mas, escolhendo os móveis e a decoração certos, é possível superar a falta de espaço com criatividade e bom gosto, aproveitando ao máximo cada centímetro da casa. Por isso, selecionamos algumas dicas para você fazer isso:

- TV 3D combina com salas pequenas: Por apresentarem menor distância entre os pixels (pontos que formam a imagem), os TVs com resolução Full-HD (hoje, a maioria dos modelos à venda) são mais indicados para salas pequenas. Destes, boa parte já é compatível com imagens em 3D, cujo efeito é valorizado quando o espectador se mantém mais perto da tela.

- Aproveite bem o espaço do móvel: Quanto menor a sala, maior a necessidade de planejar o móvel do home theater, aproveitando cada nicho e cada gaveta para acomodar equipamentos, caixas acústicas e coleções de discos. Com móveis sob medida, é possível produzir a peça de acordo com o tamanho de cada aparelho, o que economiza ainda mais os espaços. Disponíveis para pronta entrega, os racks também podem acomodar bem o home theater em áreas com espaço reduzido. 

- Integração com home office: Graças à convergência tecnológica, está cada vez mais fácil integrar áudio, vídeo e informática em um mesmo ambiente, por menor que seja. O espaço onde fica a bancada do home office, por exemplo, também pode ser planejado para receber uma TV e seus aparelhos auxiliares.

- Luzes diferentes para cada ocasião: Nem sempre é possível montar o home theater em uma sala exclusiva, sobretudo em imóveis pequenos. O mais comum é aproveitar parte do living para isso. O fato de ser geralmente a área mais espaçosa e versátil da casa também pesa contra esse cômodo em alguns aspectos, como na hora de definir a iluminação adequada.

Enquanto as sessões de filmes pedem pouca luz, as atividades na sala de estar ou de jantar, também integradas ao living, pedem iluminação mais forte e diferenciada. Ao adotar um prático sistema automatizado, você pode alterar completamente a iluminação do living de acordo com a ocasião.

- Sofá em L com projetor: mais gente, menos espaço:Encostar o sofá na parede é uma solução muito útil quando se quer aumentar ao máximo a distância entre o espectador e a tela. E se a ideia for aumentar o número de assentos, melhor optar por um sofá em L, aproveitando simultaneamente dois cantos da sala.

Com estes pequenos cuidados e planejamentos (e claro, evitando exageros no tamanho da tela da TV) é possível criar um espaço incrível por menor que seja o espaço. 


Inscreva-se na nossa Newsletter